Os olhos querem me mostrar outra verdade.
E ela sorri sem dizer nada.
Segura em suas mãos algo que identifica a se própria.
Eles sabem quem é ela e fazem de tudo para esquecer-la
Mas ela os ignora, rindo delicadamente.
Ruiva difamada por sua paixão ao symbolon do amor.
Eu fiz uma oração pra ela, minha santa, minha prova.
Eu caminhei entre as outras pra saber como ela era diferente.
A ajudarei e levarei comigo,
Protegida pela lâmina da minha nova espada.
Santa Ruiva, Santa Miriam.
Ajuda-nos a infestar a arte com nossa verdade.
A propagar o equilíbrio,
Para que o homem encontre a mulher.
Os cavaleiros o caminho, porque ele te escolheu.
"-Noli me tangere". Disse ele?
Será que disse mesmo?

MIRIAM, REQUIEM ARTERNAM DONA EIS por Dean.

Escrito por Dean às 13h06


[]



Portugal , Homem , Portuguese , English , Livros , Música , Escrever
AIM - useforglue@aol.com

[ Passado ]
19/03/2006 a 25/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
11/12/2005 a 17/12/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005

[ Votação ]
Dê uma nota para meu blog

[ Indicação ]
Indique meu blog a um amigo

[ Visitantes ]

[ Blogs Amigos ]

Dean Imagens ::..
No Poetry
Amnesia Express
Adorno
Paia's Social Club
Team Sleep
HornsUp
Música de Mentira
Dr.Cascadura
Retrofoguetes
Bahia Rock
Lp & os Compactos
Foda-Se

UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Dor de Ouvido